Quinta, 09 de Julho de 2020 13:18
67984690667
Colunas sociais especiais e cotidiano Marechal José Pessôa

O soldado do idealismo na interiorização da nova Capital Federal

Ousadia do seu idealismo e a persistência na consecução dos seus objetivos propiciaram a evolução do profissionalismo no Exército.

26/05/2020 11h12
Por: Redação Fonte: Centro de Comunicação Social do Exército
O soldado do idealismo na interiorização da nova Capital Federal

O Marechal José Pessôa Cavalcante de Albuquerque foi um dos mais ilustres militares do século XX. A ousadia do seu idealismo e a persistência na consecução dos seus objetivos propiciaram a evolução do profissionalismo no Exército.

Quando eclodiu a 1ª Guerra Mundial, o então 1º Tenente José Pessôa realizava um estágio na Escola Militar de Saint-Cyr (França), tendo se voluntariado para servir no 4º Regimento de Dragões do Exército Francês, onde foi promovido, por bravura, ao posto de capitão. Naquele conflito, absorveu inovações doutrinárias e participou dos primeiros empregos dos carros de assalto em combate. De volta ao Brasil, foi designado comandante da primeira unidade blindada do Exército, a Companhia de Carros de Assalto, dotada dos carros franceses Renault FT17.

Comandou a Escola Militar de Realengo, de 1931 a 1934, tendo papel fundamental na sua reestruturação e transferência para Resende-RJ. Implementou considerável melhoria na formação do Oficial do Exército Brasileiro. Nesse período, idealizou a Academia Militar das Agulhas Negras, restabeleceu o título de Cadete, criou o Espadim de Caxias, considerado o próprio símbolo da Honra Militar, e o Corpo de Cadetes, com estandarte e brasão próprios.

Como comandante do 1º Distrito de Artilharia de Costa, cercou os sediciosos entrincheirados no 3º Regimento de Infantaria na Praia Vermelha, contribuindo para o término da Intentona Comunista, e coordenou a vinda da Missão Militar Norte-Americana. Sob a sua direção, essa Comissão influiu na criação do Centro de Instrução de Artilharia de Costa (atual Escola de Artilharia de Costa e Antiaérea) e da Escola Técnica do Exército, precursora do atual Instituto Militar de Engenharia (IME), e na evolução da doutrina defensiva – “mentalidade Maginot” – para a doutrina ofensiva.

Foi um dos fundadores do Centro de Estudos e Defesa do Petróleo e da Economia Nacional (CEDPEN), que desencadeou a Campanha “O Petróleo é Nosso”, raiz da concepção do monopólio estatal e na consequente criação da Petrobras.

Em 1954, assumiu a presidência da Comissão de Localização da Nova Capital Federal, no contexto do Plano Vera Cruz, elaborado por Café Filho, que assumiu a Presidência da República naquele ano, sucedendo a Getúlio Vargas. A missão do Marechal foi examinar as condições gerais de instalação da cidade a ser construída.

José Pessôa, aos 69 anos, já na reserva, não hesitou em reunir uma equipe de notáveis, todos voluntários e sem remuneração, e partir para um Planalto Central inóspito, sobretudo para os mais provectos, como ele. A “Pequena Cruzada”, como o Marechal apelidara sua equipe, cumpriu, em tempo reduzido e com intenso labor, a missão de localização da nova metrópole, com base nos estudos das expedições anteriores e aplicando um elaborado método de planejamento.

Fiel à sua tradicional personalidade empreendedora, após todo o trabalho de seleção do local, planejou a mudança e a construção da nova metrópole, ocupando-se de todos os aspectos necessários ao funcionamento orgânico de uma cidade. Desta forma, contribuiu efetivamente para a materialização do grande projeto arquitetônico que posteriormente surgiria das mãos de Lúcio Costa e Oscar Niemeyer.

Por essa razão, ao completar 60 anos de fundação, ocorrida em 21 de abril de 1960, Brasília também presta reverência ao trabalho pioneiro desenvolvido por esse insigne militar para a edificação da cidade. Assim, o Marechal José Pessôa também tem seu nome gravado na história da Nova Capital.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.