Quarta, 22 de Setembro de 2021 02:33
67984690667
Direitos Humanos Maranhão

Aleitamento materno e registro civil são cuidados necessários na primeira infância

Esses são os principais objetivos das campanhas Agosto Dourado e Erradicação do Sub-Registro Civil de Nascimento, lançadas pelo Governo nesta segunda-feira (2).

02/08/2021 15h20
Por: Redação Fonte: Secom Maranhão
Bebês devem ser amamentados até o sexto mês de vida (Foto: Divulgação)
Bebês devem ser amamentados até o sexto mês de vida (Foto: Divulgação)

Amamentar e garantir o registro civil para que a criança na primeira infância. Esses são os principais objetivos das campanhas Agosto Dourado e Erradicação do Sub-Registro Civil de Nascimento, lançadas pelo Governo do Maranhão em encontro on-line nesta segunda-feira (2). 

As campanhas dedicadas à proteção à primeira infância no Maranhão são parte de uma ação conjunta realizada pelas secretarias de Saúde (SES), Desenvolvimento Social (Sedes), Educação (Seduc) e Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop).

O encontro reuniu profissionais que atuam nas ações de atenção à primeira infância, proteção básica, bem como promoção e proteção ao aleitamento materno. Dentre as estratégias discutidas e apresentadas, estão o registro civil e o incentivo ao aleitamento materno como garantia de nutrição e desenvolvimento da criança nos seus primeiros anos de vida. 

“Estamos trabalhando para fortalecer e executar as políticas públicas que promovam a proteção à primeira infância. Também estamos intensificando o diálogo com os municípios, para que o direito ao registro civil seja garantido e para que os nossos profissionais que atuam na ponta da Atenção Básica façam a busca ativa e mobilização, a fim de que o aleitamento materno seja incentivado”, disse a secretária adjunta da Política de Atenção Primária e Vigilância em Saúde da SES, Waldeise Pereira.

Segundo o secretário de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), Francisco Gonçalves, todos ganham quando o registro civil é realizado. “Garantir o acesso a esse documento possibilita que as crianças tenham acesso às políticas públicas como saúde, educação e assistência social. Assim, reiteramos que o melhor e mais expressivo legado de uma gestão democrática é a qualidade de vida da primeira infância”, destacou.

A secretária adjunta de Assistência Social da Sedes, Margarete Cutrim, observou o quão necessário é o cuidado da criança na promoção de políticas públicas que possibilitem um desenvolvimento saudável. “Uma primeira infância com cuidados, amor, estímulo à interação e vínculos protegidos. Isso tudo contribui na formação de um adulto mais saudável e equilibrado e, consequentemente, de uma sociedade que reflita as mesmas características”, disse. 

Campanhas foram lançadas pelo Governo em encontro on-line (Reprodução)

Agosto Dourado

Este ano, o Agosto Dourado parte do tema central “Proteger a amamentação: uma responsabilidade de todos”, e reforça o papel de cada ente no incentivo ao aleitamento materno exclusivo até o sexto mês de vida, se estendendo até os dois anos ou mais de idade, com o apoio e mobilização da rede de saúde, estado e sociedade. Outras temáticas serão debatidas durante todo o mês com profissionais da rede de assistência em saúde que atuam nas maternidades e na atenção primária. 

A campanha Agosto Dourado no Maranhão também reforça, junto às mães e profissionais das maternidades estaduais, a importância da doação de leite materno e da doação de frascos para armazenar o leite humano doado, vantagens da amamentação para a mãe e o bebê, além do atendimento no Banco de Leite.

Programação

Sob a coordenação do Departamento de Atenção à Saúde da Criança e do Adolescente (Dasca), da SES, entre 3 a 13 de agosto serão realizados encontros com os profissionais de saúde que atuam nas ações de promoção ao aleitamento materno na rede de saúde dos municípios de São Luís, São José de Ribamar, Caxias, Pinheiro, Imperatriz e Balsas, além de diálogos sobre ações de promoção do aleitamento para profissionais da Atenção Primária à Saúde nos municípios de Penalva e Duque Bacelar.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.