Quarta, 03 de Junho de 2020 02:19
67984690667
Saúde Cuidados com o corpo

Exercícios físicos auxiliam na prevenção do AVC

O melhor tipo de exercício para pressão alta é o exercício aeróbico, que utiliza grandes grupos musculares contínua e ritmicamente, como caminhar e andar de bicicleta

14/04/2020 14h55 Atualizada há 2 meses
Por: Jean Hipólito Fonte: HealtBC
Exercícios físicos auxiliam na prevenção do AVC

Um acidente vascular cerebral é uma lesão cerebral causada pelo fluxo sanguíneo no cérebro sendo bloqueado ou sangrando no cérebro. Após um derrame, você pode experimentar complicações físicas, mentais e emocionais. Isso pode incluir: fraqueza de um lado do corpo, dor nas articulações, dificuldade para caminhar, dificuldades de fala e linguagem, problemas de memória ou foco, etc.

As causas mais comuns de um Acidente Vascular Cerebral são: hipertensão arterial (em geral não controlada nem valorizada), tabagismo, vida sedentária, níveis elevados e descompensados de colesterol, diabete, obesidade e por fim estresse emocional. Porém não há como prever nem quando e nem se realmente acontecerá.

A prática de atividade física, mesmo que de baixa intensidade, como, por exemplo, a caminhada, é uma importante aliada na prevenção do AVC, popularmente conhecido como "derrame".

Tipos de AVC

ISQUÊMICO: o mais comum, sendo aproximadamente de 85% dos casos. É quando uma artéria do pescoço ou do cérebro se obstrui por um pequeno trombo (coágulo) ou placa de gordura, provocando a total falta de irrigação de sangue no cérebro.

Esse tipo de AVC causa menos mortes, mas deixa mais pessoas com sequelas, com paralisias diversas e dificuldades de deglutição e fala. O tratamento na maioria dos casos é para o resto da vida.

HEMORRÁGICO: é quando uma artéria se rompe no lugar onde sua parede está mais fina ou onde exista uma dilatação local (conhecida como aneurisma). Ele pode ter se originado na infância ou se formar na idade adulta, e seu tratamento é cirúrgico com bons resultados na maioria dos casos.

Seu rompimento na maioria das vezes é súbito e nem sempre previsível. Pode ocorrer em jovens e até mesmo em esportistas regulares.

Recomendações

Em primeiro lugar, é importante corrigir os fatores de risco e a atividade física regular é considerada um dos procedimentos que podem auxiliar com estas correções.

É importante se exercitar regularmente. O melhor tipo de exercício para pressão alta é o exercício aeróbico, que utiliza grandes grupos musculares contínua e ritmicamente, como caminhar e andar de bicicleta. Tente fazer pelo menos 2 horas e meia por semana de exercícios com intensidade moderada a vigorosa.

Uma maneira de fazer isso é estar ativo 30 minutos por dia, pelo menos 5 dias por semana. É bom estar ativo em blocos de 10 minutos ou mais durante o dia e a semana. Comece devagar e gradualmente crie seu programa de exercícios. Exercícios de fortalecimento muscular e ósseo também podem ser realizados, mas devem complementar e não substituir o exercício aeróbico.

Praticar exercícios regulares melhora os índices de diabetes e hipertensão arterial, permite mais fácil controle dos níveis elevados de triglicérides, provoca elevação do colesterol bom (HDL), contorna a obesidade e melhora a autoestima, ideal para uma vida mais saudável.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.