Segunda, 01 de Junho de 2020 03:20
67984690667
Saúde Não pare!

Atividade física ajuda a aumentar a imunidade e combater o estresse

A importância de se exercitar durante a quarentena

31/03/2020 09h23 Atualizada há 2 meses
Por: Jean Hipólito Fonte: Notisul/Segs
Atividade física ajuda a aumentar a imunidade e combater o estresse

Todos temos conhecimento que a prática correta da atividade física, além de se alimentar corretamente, pode evitar várias doenças como hipertensão, diabetes, problemas cardíacos, depressão, ansiedade etc.  Portanto, em época de pandemia, se torna cada vez mais essencial cuidar bem da saúde, através de atividades físicas em locais adequados e devidamente orientadas por profissionais habilitados.

Possuir algum problema de saúde torna o cidadão mais vulnerável a qualquer vírus, aumentando em muito o risco de complicações e morte.  A partir de hoje, vamos dar mais valor à prevenção de doenças. Vamos cuidar mais do nosso corpo.  Assim, quando aparecer qualquer situação nova, as defesas naturais do organismo estarão mais fortes para combatê-la.

E as academias privadas têm um papel muito importante. São elas que ajudam as pessoas a cuidarem da saúde, com orientações adequadas a cada tipo físico, evitando que outro problema ocorra devido à prática errada de exercícios.  Dessa forma estão ajudando a manter as pessoas livres de doenças, fazendo com que a cidade/estado/país tenha uma população mais saudável, longe dos hospitais.

Exercícios durante a quarentena

Durante esta pandemia do novo coronavírus, a Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda evitar sair de casa para controlar a proliferação da doença. Com o mundo em quarentena, profissionais de saúde alertam para a importância de se mexer, mesmo em casa, pois a atividade física ajuda a aumentar a imunidade e combater o estresse. A recomendação para a população geral envolve, por semana, pelo menos 150 minutos de atividade física aeróbia com intensidade moderada e mais duas sessões de exercícios de força.

Com o cenário atual, quando as academias de ginásticas, ginásios esportivos e outros espaços públicos estão fechado, a preocupação é que as pessoas fiquem inativas. Mas há grupo de pessoas que devem evitar fazer exercícios por conta própria? todos devem fazer atividade física. Obviamente que indivíduos idosos e com comorbidades se beneficiariam da instrução e supervisão de profissionais de Educação Física, mesmo que seja de forma online. Porém, em não havendo essa possibilidade, esses grupos devem buscar manter uma rotina de atividade física similar ao que tinham antes da quarentena.

Quem tem oportunidade de acesso à internet, o professor lembra que a realização de atividades físicas sob supervisão de um profissional de Educação Física online é permitida. E quem tem possibilidade de contratar um personal trainer – preferencialmente virtual, neste momento –, poderá ter melhores resultados e maior variedade de exercícios, deixando as atividades mais efetivas e motivantes. Inclusive, algumas academias já contam com aplicativos para realização de exercícios à distância e há iniciativas públicas também, como a prefeitura do Recife lançou um app de exercícios, devido ao fechamento temporário nas atividades da Academia da Cidade.

Ao acompanhar instruções de exercícios online, importante que essa prescrição seja de profissionais de Educação Física capacitados e não consumir qualquer conteúdo de atividade física por pessoas não especialidades na área. Entre as dicas, é se mexer dentro do seu limite, sem sobrecarregar o corpo. Dentro de casa, é possível fazer caminhadas, subir escadas, sentar e levantar, por exemplo. Vale lembrar que a faxina de casa, também é uma forma de atividade física.

CRIANÇAS

Crianças também devem se movimentar durante este período de quarenta. Assim como os adultos, este momento mais em casa pode ser favorável para passar mais horas “maratonando”, sem sair do sofá. No caso do movimento corporal, estimular sempre as brincadeiras, de modo que elas se movam de uma forma mais natural.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.